Gabigol fala após a noite de goleada

Atacante é o escolhido para a entrevista coletiva e fala sobre as críticas.

O atacante que brilhou na noite da última Quinta-feira (10) pela primeira vez o atacante marca em somente uma noite 3 gols, o atacante diz que entende as críticas vindas da torcida e diz:

  • É o normal a torcida pegar no meu pé. Sou o jogador que tenho mais nome, normal direcionar a mim, jogador que esperam tanto.

 

Gabriel também diz que entende as críticas e também ressalta que o nome apelido não pesa

  • Eu levo numa boa, sem problemas. Meu foco é ajudar o Santos. Nem sempre com gols, mas me doando bastante, como sempre faço.

 

  • Não (apelido pesa). Foi uma brincadeira que pegou de amigos meus no futsal. Tinha muito Gabriel no time. Colocaram esse apelido, eu coloquei na internet e pegou, me chamam de Gab ou Gabriel, isso não pesa. Levo tudo muito tranquilamente.

 

 

A relação time e torcida ficou estremecida após a derrota do time santista contra o Grêmio de Porto Alegre por 5×1, no último domingo pelo campeonato brasileiro.

  • Eu sempre fui muito focado nos jogos. No começo, errei algumas bolas, que é normal, de jogo. A torcida estava um pouco impaciente. Pude aproveitar muito bem as chances depois. É normal a falta de paciência depois do jogo contra o Grêmio. A gente se superou bastante. Não tomamos muitos gols, compacto, certo, mas lá nada deu certo. São coisas que acontecem – afirma Gabigol.

 

Gabriel também fala sobre os rivais é sobre o próximo jogo contra o Paraná em casa:

  • Rivais ficam bravos porque faço gol neles direto. Levo tudo numa boa. Tem que ser levado com alegria. Não vejo nenhum problema brincar. Tento dar meu máximo sempre.

  • No Brasileiro não tem isso de rebaixamento. Paraná tem grande time, grande treinador, que trabalhei com ele. Será jogo complicado, espero que torcida compareça, que nos apoiem e que a gente ganhe. Uma vitória seria muito importante.

 

 

Comments

comments

Powered by Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *